Finalmente a Amazon faz parte do Remessa Conforme! Entenda e Aproveite na Black

Finalmente a Amazon está fazendo parte do Remessa Conforme. Entenda!

A chegada da Black Friday sempre traz a promessa de descontos e ofertas tentadoras em produtos tecnológicos e diversos outros itens. Para aqueles que adoram importar produtos, uma notificação especial e aguardada finalmente se concretizou: a Amazon agora está integrada ao programa Remessa Conforme

Essa integração traz consigo a isenção do imposto de importação de 60% em compras acima de R$ 50 dólares. A confirmação desse desenvolvimento foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 6, tornando possível para os aficionados por compras internacionais aproveitarem os benefícios da compra internacional através da Amazon.

O que muda na Amazon Agora?

Essa notícia representa um marco importante para os consumidores brasileiros que buscam produtos exclusivos e preços mais competitivos no exterior. No entanto, é fundamental entender os detalhes desse novo acordo para evitar surpresas desagradáveis.

Com a isenção do imposto de importação em compras acima de R$ 50 dólares, os usuários da Amazon agora têm a oportunidade de economizar consideravelmente em suas aquisições internacionais. 

Isso é particularmente relevante durante a Black Friday, data que diversos descontos significativos tomam forma, tornando-se o momento ideal para comprar produtos eletrônicos, roupas, acessórios e muito mais.

No entanto, é importante observar que, mesmo com a isenção do imposto de importação, há um imposto estadual que os compradores ainda devem pagar. 

As compras de até US$ 50estarão sujeitas a uma alíquota de 17% de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Essa é uma informação crucial, pois pode afetar a decisão de compra e o cálculo do custo final do produto no carrinho da Amazon.

Acima de 50 dólares fica inviável!

Para compras que ultrapassarem a marca de US$50, além do ICMS, os compradores também estarão sujeitos ao imposto de importação e, na prática, isso pode representar um aumento significativo no preço dos produtos. 

A combinação de ambos os tributos pode resultar em um encarecimento de até 92% no valor do item, dependendo do seu custo original.

Portanto, os consumidores devem avaliar cuidadosamente suas opções antes de fazer compras em qualquer plataforma internacional. O valor total do imposto a ser pago deve ser considerado na decisão de compra, especialmente se o item desejado ultrapassar a faixa de isenção.

Amazon
Imagem: Divulgação/Amazon

Além disso, é fundamental lembrar que a experiência de compra internacional envolve outras considerações, como prazos de entrega, custos de frete e a possibilidade de lidar com questões alfandegárias. 

Por isso, meu querido leitor, antes de realizar qualquer compra na Amazon, é extremamente importante pesquisar antecipadamente e entender as políticas da loja virtual, assim como os seus regulamentos alfandegários do Brasil.

Isso pode evitar surpresas desagradáveis durante o processo de importação.

Quer acompanhar mais notícias incríveis como essa?

Não deixe de acessar diariamente o Falando com Nerds seu portal de notícias tech e nerd.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept