Counter Strike 2 Chegou com Bans Polêmicos e o Mistério dos Mouses Rápidos

Counter Strike 2 chegou ao mundo com alguns bugs que anda chateando a comunidade.

A chegada do Counter Strike 2, tirando de cena o CSGO, foi aguardado por milhares de jogadores no mundo todo com altas expectativas. Porém, essa grande expectativa dos entusiastas de jogos de tiro em primeira pessoa vem sendo ofuscada por uma série de erros no game. 

Com gráficos atualizados e melhorias na jogabilidade, o novo título da Valve prometia levar a experiência do famoso Counter Strike 2, FPS competitivo a um novo patamar. 

Porém, uma questão controversa tem gerado polêmica entre os jogadores: a leva de bans que está ocorrendo no game, simplesmente porque alguns jogadores movem os seus mouses “rápido demais.”

Counter Strike 2: atendendo às expectativas com um grande porém

Para muitos jogadores, o Counter Strike tem cumprido as altas expectativas há vários anos, desde o surgimento do primeiro game da franquia de sucessos da Valve

Veja também: The Evil Within 2: O Terror Chega de Graça à Epic Games

Agora com o Counter Strike 2, pensávamos que não seria diferente, afinal eles prometeram gráficos renovados, jogabilidade aprimorada e a manutenção da essência que tornou a série icônica. 

Mas dessa vez, as coisas não foram tão fáceis, afinal a presença de um problema que tem afetado a experiência de vários gamers, vem tornando a experiência de jogo algo chato. Esse problema é o sistema de detecção do Valve Anti-Cheat (VAC).

Quem joga games FPS, sabe que os convencionais mouses de qualidade, para jogos competitivos, geralmente vem com DPIs (pontos por polegada) mais altos. E isso, por outro lado, acabou se tornando sinônimo de bans no Counter Strike 2

Alguns YouTubers, streamers e jogadores experientes perceberam que não é tão difícil receber uma punição do sistema Anti Cheat quando a presença de DPIS superiores a 10k estão presentes. 

Durante uma partida, basta ficar parado por um período considerável, ter o mouse configurado com alta sensibilidade e movê-lo rapidamente para ser “expulso” do jogo.

O Caso YouTuber

Um YouTuber conhecido pela comunidade do CS2, foi um dos primeiros a destacar essa questão que vem chateando os jogadores. 

Ele notou que para ser pego no sistema anti-trapaça, aparentemente, basta usar o mouse com DPIS altos configurado e movê-lo rapidamente por alguns segundos para que o sistema do Counter Strike 2, aplicar um banimento. 

Embora vários jogadores da comunidade possuem crenças fieis de que os bans estejam sendo aplicados devido à suspeita de jogadores usarem mouses de alta sensibilidade para obter vantagens injustas, já que alguns mouses com macros permitem esse recurso, a realidade é que bans injustos também estão ocorrendo e veremos isso a seguir.

A Polêmica dos Bans Injustos

A questão dos bans em CS 2 não se limita apenas aos mouses de alta sensibilidade. Há relatos de jogadores que foram banidos injustamente, sem qualquer infração evidente.

Dito isso, os acontecimentos no game tem gerado uma série de debates sobre a eficácia do sistema de detecção da Valve. 

Embora seja importante manter o jogo justo e livre de trapaças, a aplicação de bans injustos pode prejudicar a experiência de jogadores, causando frustração e indignação e até mesmo a desistência de alguns.

A Incógnita dos Mouses Rápidos no CS2

O lançamento de Counter Strike 2 trouxe consigo muitas melhorias e inovações que agradaram e muito vários gamers. 

Counter Strike 2
Imagem: Divulgação/Valve

Mas isso não descarta o fato da Valve ter que arrumar esses pequenos problemas que podem se tornar chatos, principalmente para aqueles que tiveram suas contas bloqueadas no game.

A polêmica em torno dos bans relacionados à sensibilidade do mouse é uma questão que a Valve precisa resolver com extrema urgência. A comunidade de jogadores merece uma experiência justa e sem punições injustas.

Por isso, aguardamos ansiosamente por mais notícias sobre a Valve e a resolução desses problemas. Quando as respostas confirmadas virem à tona, traremos em primeira mão para você. Por isso, não deixe de nos acompanhar!

Quer acompanhar mais notícias incríveis como essa? Não deixe de acessar diariamente o Falando com Nerds.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept