Isenção de impostos para compras na Aliexpress já começou. Entenda

A AliExpress é uma das maiores plataformas de e-commerce do mundo, e tem desempenhado um papel significativo na vida cotidiana dos brasileiros atualmente. Sua utilidade no Brasil é evidente em várias áreas, fazendo com que ela seja a principal opção de compra de inúmeras pessoas.

Este e-commerce em questão possui não somente uma variedade de produtos, mas também preços extremamente competitivos. E com o cenário econômico do país atualmente, muitos brasileiros recorrem à plataforma para encontrar produtos mais acessíveis, desde eletrônicos até roupas e acessórios. Isso permite que todos comprem produtos de qualidade, a preços mais baixos do que nas lojas locais.

A AliExpress também é valorizada pela sua variedade de formas de pagamento, tornando o processo de compra mais flexível para os brasileiros. Além de cartões de crédito e boletos bancários, muitas outras formas de pagamento são aceitas pela plataforma facilitando muito a vida dos brasileiros.

Veja também:

E para a alegria dos compradores da Ali, hoje trouxemos a notícia de que desde ontem (15 de outubro) está em vigor a isenção de impostos para algumas compras realizadas no aplicativo, ou no site deste e-commerce, com base no programa Remessa Conforme. Prossiga para entender melhor como está funcionando essa isenção.

A isenção de impostos é válida para compras até US$50 na AliExpress

Qualquer compra que for realizada na AliExpress com valores até US$50 (aproximadamente R$253,00 de acordo com a conversão), estarão isentas de impostos, sendo taxadas apenas no que se refere ao ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que foi definido em 17% em todo o país.

No entanto, para compras que ultrapassem o valor de US$50, além de ser cobrado o ICMS de 17% sobre o valor total da compra, também é necessário pagar o imposto de importação de 60%.

O valor em que é calculado o valor do seguro, é obtido através da seguinte conta:

Base Fiscal = frete + preço dos produtos + seguro – descontos

Para fins explicativos, segue um exemplo simples de como funciona a isenção de impostos para uma compra na AliExpress: para um produto de 100 reais, com um frete de 50 reais, a base final é de 150 reais, valor no qual se aplica a isenção de impostos, já que está abaixo de 253 reais. 

Neste caso, o valor do ICMS é de 25,50, sendo assim, o valor final a ser pago pelo consumidor é de 175,50 reais.

Além de facilitar muito a vida dos consumidores no que se refere ao valor do pagamento, já que não será preciso pagar mais nada na alfândega, essa nova regra também permite que os produtos que foram adquiridos por meio da AliExpress cheguem mais rápido, que de certa forma, é o que torna o programa ainda mais atrativo e benéfico para os brasileiros.

Outras companhias também fazem parte do programa Remessa Conforme

A Remessa Conforme não está valendo apenas para compras na Ali, mas outros e-commerces que são muito utilizados pelos brasileiros todos os dias para a compra dos mais diversos produtos, também fazem parte do programa. 

Afinal de contas, todo e-commerce sabe que quanto mais vantagens são oferecidas para os consumidores, mais eles conseguirão vender, e dada a competitividade do mercado atualmente, é claro que isso é o mais sensato a se fazer.

Aliexpress
Imagem: Divulgação

Portanto, além da AliExpress, o Mercado Livre, a Shein e a Shopee também foram autorizadas pela Receita Federal a fazer parte do Remessa Conforme. Só notícia boa para os consumidores essa semana, não é mesmo?

E para melhorar ainda mais essa notícia, é importante dizer que no que se refere a SHEIN, o ICMS também está isento por tempo indeterminado, para compras de até US$50.

E para continuar acompanhando mais notícias fresquinhas iguais a esta sobre a isenção de impostos, basta acessar o Falando Com Nerds, o seu portal Tech que traz notícias incríveis do mundo e, claro, da tecnologia e sua constante evolução.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept