Placas de video podem sofrer um aumento consideravel em 2024

Placas de video podem ficar mais caras em 2024!

O ano de 2024 pode começar com um aumento significativo nos preços das placas de vídeo, impulsionado pela crescente demanda por esse componente, especialmente para aplicações de Inteligência Artificial. 

Além disso, da aplicação em IA, a procura por placas de vídeo por parte de mineradores de criptomoeda também contribui para essa pressão sobre os preços. Será que 2024, se tornará um ano ruim para os gamers, principalmente para aqueles que desejam dar um upgrade em suas placas de vídeo? Vamos conferir!

Placas de vídeo e o seu possível aumento de preço nos próximos meses

De acordo com informações obtidas pelo Techspot, citando fontes confiáveis da indústria, a GeForce RTX 4090 e suas variantes estão previstas para sofrer um aumento considerável nos próximos meses. 

O banimento da venda dessas placas em território chinês, que está em processo, tem levado lojas, grupos e usuários a adquirirem grandes quantidades de GPUs para manter em estoque. 

Essa antecipação de compras pode resultar em uma escassez global da GPU e, consequentemente, em preços mais elevados para aqueles que conseguirem adquiri-la.

Mesmo com o aumento nos preços das placas de vídeo high-end, é observável uma tendência de queda nos valores das placas de entrada.

GPUs como RTX 4060, 4060 Ti e AMD Radeon RX 7600 RX 7700 XT e 7800 XT têm seus preços frequentemente abaixo do sugerido, indicando uma possível oferta mais acessível para os jogadores que desejam migrar para a nova geração.

Cenário de GPUS na China

Na China, os preços da GeForce RTX 4090 já estão dobrando para o público, causando um impacto significativo naqueles que buscavam a melhor GPU para jogos disponíveis no mercado.

Essa alta nos preços está relacionada à corrida para adquirir o produto antes que o banimento definitivo entre em vigor, como parte das restrições dos Estados Unidos para reduzir o acesso chinês a tecnologias de Inteligência Artificial.

É importante notar que a restrição não se aplica a modelos de placas de vídeo específicos, mas sim a hardware que contenha um determinado número de transistores. 

Essas mudanças podem impactar o cenário global de placas de vídeo, afetando tanto consumidores quanto a indústria de tecnologia.

As restrições impostas pelos Estados Unidos têm como objetivo principal impedir o acesso da China a semicondutores avançados. 

Placas de video
Imagem: Divulgação

De acordo com a secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo, a intenção não é prejudicar o crescimento econômico chinês, mas sim evitar que o país tenha acesso a chips que poderiam impulsionar avanços na inteligência artificial, especialmente para fins militares.

O controle sobre a tecnologia de semicondutores é estratégico, uma vez que esses componentes desempenham um papel crucial em uma ampla gama de aplicações, desde eletrônicos de consumo até tecnologias avançadas de defesa.

 Restringir o acesso chinês a esses semicondutores é visto como uma medida para conter avanços significativos em capacidades militares baseadas em inteligência artificial. E isso acabou afetando as placas de video, infelizmente.

Quer acompanhar mais notícias nerds incríveis como essa?

Não deixe de acessar diariamente o Falando com Nerds.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept